O GRAU DOS ADJETIVOS

Vamos recordar o Grau dos adjetivos?

Quando falamos sobre adjetivos, é importante referir que estes mantêm uma estreita ligação com os substantivos e a sua função é caracterizá-los.

Em português temos o grau normal, comparativo e superlativo.

O grau dos adjetivos subdivide-se em:

Grau normal – Exprime uma característica sem a aumentar nem diminuir.

Exemplo: O Artur é simpático.

Grau Comparativo  Tem por finalidade comparar a mesma característica atribuída a dois ou mais seres ou duas ou mais características atribuídas a um mesmo ser.

Comparativo de igualdade – A Ana é tão inteligente como a Maria. 

Comparativo de inferioridade – A Ana é menos inteligente do que a Patrícia.

Comparativo de superioridade – A Ana é mais inteligente do que a Sandra.

Atenção: No grau comparativo temos de ter cuidado com os adjetivos irregulares (Grande – Maior; Pequeno – Menor; Bom – Melhor; Mau – Pior)

Exemplos: O António é maior do que a Maria. (O António é mais grande do que a Maria)

A Patrícia é menor do que a Carla. (A Patrícia é menos grande do que a Carla)

Grau Superlativo  A característica atribuida pelo adjetivo é intensificada de forma relativa ou absoluta.

No superlativo relativo, essa intensificação é feita em relação a todos os restantes seres do conjunto.

Superlativo relativo de inferioridade – O Pedro é o menos esforçado da família.

Superlativo relativo de superioridade – O António é o mais questionador de todos os alunos.

No superlativo absoluto, a característica é evidenciada de modo exagerado. Sendo que ele apresenta-se sob duas formas específicas:

Superlativo absoluto analítico – Geralmente a intensificação dá-se pelo emprego da palavra “muito” que denota uma ideia de acréscimo.

A Sandra está muito contente.

Ele está muito triste. 

Superlativo absoluto sintético – Evidencia-se pelo uso de sufixos, tais como -íssimo, -érrimo,  – ílimo. 

A Maria está contentíssima.
Aquele homem é paupérrimo.
Este exercício é facílimo.  

Atenção: No grau superlativo temos de ter cuidado com os adjetivos irregulares (Grande – Enorme; Bom – Ótimo; Mau – Péssimo;).

Exemplos: Este gelado é ótimo.
                      A comida é péssima.

Aqui têm um pequeno resumo:

530025_508007369213239_481775040_n

Vamos praticar?

Exercícios online:

Anúncios

Sobre José Xavier

Profesor de portugués nativo y licenciado en filología portuguesa
Esta entrada foi publicada em Grau dos adjetivos com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s